• Ao atender o interfone, peça identificação. Marque hora para receber prestadores de serviços, exija referências e não os deixe sozinhos;
  • Observe locais onde pessoas possam se esconder. Caso haja suspeitos, dê uma volta no quarteirão e ligue para polícia se a situação persistir;
  • Deixe em casa documentos e cartões de bancos desnecessários. Antes de sair da garagem, observe suspeitos. Eles não contam com o fator surpresa;
  • Prefira estacionamentos privados ou locais vigiados. Ao parar, tire sempre a chave da ignição e não permaneça no interior do carro;
  • Leve a frente do rádio e não deixe documentos pessoais, do veículo e as chaves de casa no interior do carro. Elas poderão ser usadas em assaltos;
  • Se o carro não funcionar, chame socorro. Ao viajar, transfira a assinatura de jornais e peça para uma pessoa de confiança pegar suas correspondências;
  • Mantenha as portas do carro trancadas e os vidros fechados. Diminua a velocidade sempre que os carros da frente pararem;
  • Se o pneu furar à noite, não pare. Dirija até um local movimentado. Diversifique caminhos e horários de saída e chegada a locais que fazem parte da sua rotina;
  • No semáforo, reduza a velocidade para chegar ao cruzamento quando o sinal abrir. Se o sinal ficar vermelho, pare na faixa da direita ou na faixa central. Pequenos cuidados podem garantir a sua maior segurança.
  • Procure conhecer os amigos deles e informar-se sobre as famílias dos mesmos;
  • Acostume-os a informar onde pretendem ir e a hora provável de retorno;
  • Instrua-os sobre onde e como obter ajuda em casos de emergência;
  • Acostume-os a portar documentos e/ou informações escritas que os identifiquem e com indicações para contato com os pais como telefones, locais de trabalho, etc;
  • Ensine aos filhos menores normas elementares de segurança tais como:
    • Não aceitar carona de estranhos;
    • Não aceitar presentes ou guloseimas;
    • Não permitir que estranhos às toquem ou acariciem;
    • Não fornecer informações sobre si ou seus familiares;
    • Não parar junto a automóveis para atender pedidos de informação dos tripulantes;
  • Antes de contratar, informe-se a respeito do transportador escolar junto ao órgão público responsável;
  • Acompanhe-os na ida e na volta da escola e do local de lazer;
  • Credenciar, junto à escola ou clube, a pessoa autorizada a levar e/ou buscar seus filhos;
  • Proibir que a escola entregue-os para pessoas não autorizadas;
  • Conheça bem os professores e mantenha um relacionamento com os mesmos a fim de perceber, oportunamente, qualquer risco com relação à integridade de seus filhos;
  • Proporcione o máximo possível de companhia;
  • Estabeleça um relacionamento qualificado;
  • Evite que façam “rodinhas” na porta da escola ou clube;
  • Oriente-os a pedir ajuda aos policiais militares;
  • Quando inabilitados, não permita que dirijam automóvel;
  • Caso não possa acompanhá-los ou contratar um transportador escolar, conduza-os a uma pessoa de confiança. Uma boa sugestão é que vizinhos e parentes se revezem nessa tarefa;
  • Instrua os menores a irem sempre no banco de trás, usando o cinto de segurança;
  • Evite que os seus filhos ostentem riqueza;
  • Mantenha os vidros do carro sempre fechados e as portas travadas. Redobre os cuidados quando for parar em sinaleiras;
  • Não abra os vidros do carro para vendedores, pedintes, etc.
  • Evite itinerários rotineiros e use caminhos alternativos;
  • Altere os horários de chegada e saída em casa e no local de trabalho;
  • Habitue-se a olhar a rua antes de sair;
  • Diversifique os locais onde faz as refeições;
  • Evite deslocamentos a pé por locais escuros e abandonados;
  • Evite locais onde estejam ocorrendo distúrbios ou manifestações ruidosas ou violentas;
  • Antes de usar cabine de caixa automático, certifique-se de que não há suspeitos nas proximidades. Guarde o cartão magnético e o dinheiro antes de sair, observando sempre as imediações antes de abrir a porta;
  • Programe o telefone celular para chamadas rápidas de números de emergência ou para locais onde possa obter ajuda;
  • Ao perceber que está sendo seguido por desconhecidos, procure apoio junto a policiais ou entre num prédio comercial onde possa solicitar e aguardar ajuda;
  • Conheça a localização dos órgãos policiais existentes nas imediações de sua residência e local de trabalho, bem como em seus itinerários habituais.
  • Utilize caminhos alternativos;
  • Mantenha as portas do veículo trancadas e os vidros fechados ou levantados;
  • Nos percursos mais utilizados, procure localizar:
    • Possíveis desvios;
    • Rotas alternativas;
    • Socorros mecânicos;
    • Pronto-socorro;
    • Postos policiais;
    • Telefones;
    • Quartéis;
    • Pontos de tráfego difícil;
  • Evite estacionamentos em que as chaves do carro são deixadas no local;
  • À noite, estacione em locais bem iluminados;
  • Use alarme e mais um dispositivo visível de segurança;
  • Nas garagens, estacione com o veículo de frente para a saída;
  • Não pare o carro para ver acidentes de trânsito ou aglomerações;
  • Não pare o carro por solicitações de estranhos. Se for solicitado por autoridades, peça identificação;
  • Se notar que está sendo seguido, não permita que o veículo seguidor se aproxime;
  • Procure localizar alguma viatura, posto policial ou buscar auxílio onde houver movimento de pessoas ou veículos;
  • Desconfie de motos tripuladas por duas pessoas. Caso tentem manter a moto trafegando próximo à porta do motorista, procure afastar-se;
  • Se tiver algum pneu furado em lugar ermo ou pouco iluminado, procure um lugar seguro para trocá-lo;
  • Para possibilitar manobras de emergência, mesmo parado no semáforo, mantenha razoável distância dos outros veículos;
  • Mantenha sempre o automóvel abastecido e em boas condições gerais;
  • Mantenha-se atento quando for apanhar o automóvel em grandes estacionamentos, como em shopping centers, supermercados, estádios, etc. Se notar desconhecidos rondando por perto, não se aproxime do veículo.
  • Ao parar o veículo, tire sempre a chave da ignição;
  • Feche o veículo e espere em local seguro;
  • Não permaneça no interior do carro.
  • Não deixe objetos sobre o painel e bancos;
  • Leve bolsas, pacotes e roupas ou deixe-os no porta malas.
  • Não forneça dados pessoais por telefone e oriente pessoas da casa a fazer o mesmo;
  • Ao atender o interfone olhe quem fala pela janela e exija identificação;
  • Marque hora, exija a referências de prestadores de serviços e não os deixe sozinhos;
  • Guarde as notas fiscais de serie de seus bens;
  • Saiba onde trabalham seus vizinhos, bem como telefones e hábitos.
  • Evite paradas isoladas, especialmente à noite;
  • Separe o dinheiro ou o cartão da passagem antes de entrar;
  • Quando há poucos passageiros sente-se próximo ao motorista ou cobrador;
  • Esbarrões e conversas banais podem anteceder o ataque de um segundo ladrão;
  • Não use a carteira no bolso de trás. Prefira bolsos internos;
  • Não leves somas elevadas e jóias.
  • Peça que o motorista trave as portas e feche os vidros;
  • Confira a identificação do motorista, ao lado do taxímetro;
  • Anote o número da placa, marca do veículo e prefixo.

Segurança

  • Corpo de Bombeiros
    Fone: 193
  • Brigada Militar
    Fone: 190
  • Polícia Civil
    Fone: 194 / 3288.2400
  • Polícia Rodoviária Federal
    Fone: 3374.0304 / 3375.9700
  • Polícia Rodoviária Estadual
    Fone: 3339.6799 / 3288.4334
  • Delegacia de Estrangeiros (Polícia Federal)
    Fone: 3358.9000 R. 9070/ 9071
  • Delegacia de Acidentes
    Fone: 3217.2411 R. 2281/ 2282

Transportes

  • Aeroporto Internacional Salgado Filho
    Fone: 3358.2000
  • Estação Rodoviária
    Fone: 3210.0101
    Telentrega de bilhetes: 3210.0101
    www.rodoviaria-poa.com.br
  • Trensurb (metrô de superfície)
    Fone: 3371.5000
  • Empresa Pública de Transporte e Circulação – EPTC
    Informações sobre linhas de ônibus e lotações
    Fone: 118 / 3289.4220

Saúde

  • Hospital de Pronto Socorro
    Fone: 3289.7600 / 192 (SAMU - ambulâncias)
  • Informações Toxicológicas
    Fone: 3223.6110

Serviços

  • Prefeitura de Porto Alegre
    Fone: 156
  • Auxílio à Lista Telefônica
    Fone: 102
  • Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos
    Fone: 0800.57.00100
  • Telegrama Fonado
    Fone: 0800.57.00100
  • Defesa do Consumidor (PROCON)
    Fone: 151 / (51) 3286.8200
  • Serviço de Atenção ao Turista - SAT
    Fone: 0800.51.7686 / (51) 3333.1873