Entre as diversas áreas de segurança nas quais a Rudder atua, uma das mais importantes é a de instituições de ensino. O atendimento a escolas e universidades é um trabalho fundamental para que o processo de ensino-aprendizagem ocorra de forma segura e efetiva, e para que crianças e jovens possam estudar tranquilos. Muito mais do que zelar pelo patrimônio, os profissionais da Rudder estão protegendo a vida das pessoas ao atuar tanto no acesso às escolas e universidades como no seu interior e no entorno, cumprindo todos os procedimentos que garantem a segurança. Para esse tipo de serviço, a empresa seleciona trabalhadores que tenham perfil de atendimento ao público e realiza treinamentos direcionados aos desafios que enfrentam diariamente.

Para Caroline Kothe, coordenadora na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), o apoio de profissionais da Rudder é de extrema importância. “Estar em uma sala de aula sem se sentir seguro é inviável. A atuação da Rudder faz com que os alunos saibam que aqui podem ficar tranquilos”, relata. Caroline faz questão de ressaltar que os profissionais que atuam na Unisc são de extrema confiança.

Guilherme Peretti, diretor administrativo do Colégio Província de São Pedro, lembra que a escola é como uma segunda casa para os seus frequentadores. Ele relata que, em parceria com a Rudder, foi possível desenvolver um modelo de serviço que proporciona aos pais e alunos condições de segurança para as atividades escolares. “Da mesma forma que pensamos na organização de ambientes que inspirem e instiguem o aluno a buscar o conhecimento e a viver experiências positivas que contribuam no seu crescimento, proporcionar as condições necessárias de segurança, neste contexto, é uma condição fundamental às rotinas da escola”, completa.

Famílias também devem ter cuidados redobrados

A segurança dos alunos se dá em conjunto entre as instituições de ensino, a Rudder e as famílias. Segundo José Bonifácio Jobim, coordenador do Departamento Técnico da Rudder, cuidados como levar os filhos à escola ou garantir que algum familiar ou vizinho os acompanhe e se certificar de que os filhos saibam como proceder em caso de emergência são de extrema importância. Ele também orienta que os pais não permitam que a escola libere a saída dos filhos com pessoas não autorizadas, além de solicitar que evitem fazer pequenas aglomerações com amigos na porta das escolas ou de outros locais.

Uma instituição de ensino segura é aquela que apresenta melhor conhecimento dos seus fatores de risco e planeja sua segurança não só com investimento em equipamentos e softwares, mas também na determinação de treinamentos e procedimentos. 

Confira algumas dicas de Jobim para os estabelecimentos:

  • Salas de aula, áreas recreativas e demais locais devem ser constantemente supervisionados por adultos;
  • Professores e autoridades escolares devem estar atentos às dependências da instituição e áreas próximas. Em caso de dúvidas, a polícia deve ser acionada;
  • Se houver dúvida sobre a identidade das pessoas que forem buscar a criança, não permita que ela abandone o local.

 

Produção de conteúdo: Interna Projetos Editoriais
Foto: Divulgação / Rudder

O drone oferece rapidez e mobilidade com uma visão privilegiada do perímetro