Pedro Machado é um dos primeiros auxiliares de serviços patrimoniais (ASP) a ingressar na Rudder. Após entrar na empresa como folguista em 1999, assumiu um posto em Viamão, no qual ficou por nove anos. Atualmente, ele trabalha no Colégio Santa Doroteia, em Porto Alegre.

Seu dia a dia consiste em recepcionar e orientar os pais e alunos da instituição. “Quando eu chego, ainda há movimento na escola.” Nesse momento, seu principal desafio é prestar um atendimento excelente aos usuários. Mais tarde o movimento diminui, e Pedro precisa estar ainda mais atento às ameaças externas. “Atender ao público, dar informações e orientar as pessoas é o que me dá mais satisfação em minha profissão”, relata.

O segredo para tanta estabilidade e para estes 19 anos prestando um excelente trabalho? Comprometimento. “Gosto de pensar que o meu trabalho é importante para o cliente e para os usuários.” Pedro sabe que garantir a sua estabilidade é fundamental para que realize planos pessoais, e isso o faz crescer com a Rudder. “Se pensarmos nas nossas metas, acabamos nos estabelecendo a longo prazo na empresa”, conta.

Essa relação de lealdade à empresa está aproximando Pedro de uma grande conquista: ele cursa Psicologia no IPA e deve se formar ao final de 2018. Tantas atividades exigem dedicação do ASP – muitas vezes, sai do trabalho e vai direto para as aulas, no turno da manhã. Sobre os planos para depois da formatura, tem uma certeza: quer continuar se orgulhando de trabalhar na Rudder.

 

Produção de conteúdo: Interna Projetos Editoriais
Jornalista: Cristina Wagner
Foto: Rodrigo Stobäus

Luiz Fernando Silva: comprometimento, lealdade e conhecimento